Processo de aprendizagem



Atualmente estamos vivendo uma tempestade de conhecimentos que vem proporcionando um aumento nas áreas de estudos. Com o surgimento desta proposta percebe-se o desenvolvimento no mercado de trabalho, consequentemente melhorias nos campos profissionais. Por conta deste fenômeno, é visto a importância de compreender aspectos responsáveis pelo processo de aprendizagem. O estudar, nos leva a diferentes ideias, proporciona a construir novos conhecimentos e despertar o “desejo” de fazer a diferença.  E com tantas possibilidades de estudar, o mercado de trabalho, apesar do seu desenvolvimento, vem se tornando um ambiente escasso para inserir tamanhas proporções de pessoas profissionalizadas. Deste modo, com tantas pessoas capacitadas e com o déficit de inserção profissional no campo de trabalho, surge um grupo organizado em prol não somente de uma realização profissional, mais primeiramente a efetivação da sua segurança financeira, este grupo é chamado, os concurseiros, são pessoas que se preparam (estudam) para “passar” num concurso, aquele que venha proporcionar um sentimento de segurança econômica para toda vida.        

“A busca pela segurança econômica atrelada pelos benefícios dos concursos”. Com o elevado número de concurseiros , cresce a formulação de novos métodos e técnicas de aprendizagem, inúmeras formas didáticas que seguem passos específicos, baseados em teóricos da aprendizagem, podendo assim realizar uma avalição de como se encontrar seus processos cognitivos, estas praticas se preocupam quais as melhores formas de se aprender num olhar didático, contudo, muitos são os fatores que influenciam neste processo. Foi com este objetivo que escrevi este texto, para esclarecer o leitor concurseiro, que antes de se posicionar para estudar, primeiramente precisa compreender como o mesmo reagem as suas características pessoais dentro do processo de aprendizagem. Muitos conflitos psicológicos e emocionais são relatados por concurseiros, muitos demostram ter conhecimento do como estudar, de técnicas importantes e indispensáveis, mais poucos olham para si mesmo e reconhecem suas potencialidades ou fragilidades, a verdade que as pessoas não têm o interesse de se perceber e nem saber se isso o influenciara.

Diversos são os ca

sos de pessoas que se capacitam para realizar seu “sonho” de ser concursado, e diante de alguns desafios individuais, familiares ou econômicos veem suas expectativas passarem de “sonhos transformados em frustrações”. Podem existir diversos motivos que levem a dificuldades no processo de aprendizagem. Contudo, para todo processo de aprendizagem, se torna indispensável uma investigação nos aspectos da subjetividade e da personalidade, compreender suas características as quais podem potencializar positivamente ou negativamente as tomadas de decisões. Estudar é muito mais que seguir regras, é preciso compreender como você responde as diversas formas de aprendizado, é cria uma conscientização e aceitação da sua trajetória nos estudos.

“o que você pensa sobre você, representa o que você é, e isso determinara aquilo que você será”.

DICAS DE REFLEXÃO!

Eu tenho boa autoestima? Eu me sinto capaz? Eu tenho equilíbrio emocional? Qual o meu nível cognitivo? Quais as minhas características positiva e negativas nos meus estudos? Eu me posiciono verdadeiramente frente ao meu objetivo, ou tento me enganar?


SEGUE AI www.instagram.com/alexsandrapsicologa

11 visualizações
Envie-nos seu Feedback
Avalie-nosRuimNão muito bomBomMuito bomÓtimoAvalie-nos
cadastur.PNG
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Pinterest - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
turismo responsavel.jpeg